PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS DO CONTORNO CORPORAL
Copyright © Clínica Reviver Vincent Van Gogh. Nude Woman Reclining, Seen from the Back. 1887. | Reviver©Art Gallery

BRAZILIAN BUTT LIFT

(Aumento e elevação do bumbum)
(Buttock Lift)
(Bumbum brasileiro)

Mais informações
Dúvidas freqüentes


O "Braziliam Butt Lift", ainda sem tradução para o português, é a mais nova cirurgia realizada pelos cirurgiões plásticos americanos. Consiste em uma total remodelagem corporal. Primeiro é realizada uma lipoescultura de todo o abdômen, flancos e da parte superior dos glúteos para dar um formato harmônico a esta região. A gordura retirada passa por um processo especial de tratamento, selecionando as melhores células de gordura juntamente com um número elevado de células tronco. Este processo tem como objetivo aumentar a integração da gordura que é injetada para dar o formato do novo bumbum. O resultado é um belo corpo esculpido com glúteos proeminentes.

Abaixo o Dr. Renato Rodrigues responde algumas perguntas sobre o Brazilian Butt Lift:

1. O que é o Braziliam butt lift?
O Brazilian butt lift é um tipo de cirurgia para aumento de glúteos que traz como resultado um bumbum jovem e um corpo mais sensual.
É realizado removendo gordura das áreas do corpo previamente demarcadas por meio de lipoaspiração. Esta gordura é posteriormente purificada, as células de gordura são previamente selecionadas e então injetada nos glúteos. O processo de microinjeções de gordura envolve uma centena de aplicações.
O procedimento foi concebido a fim de preencher a parte superior dos glúteos, para que o bumbum pareça mais empinado. O efeito resultante é uma forma mais atraente e sensual do corpo.
Correta técnica de lipoaspiração, processamento adequado das células de gordura e o método de microinjeções são essenciais para se alcançar um resultado natural e permanente.

2. Exintem diferentes maneiras de aumentar e empinar o bumbum?
Sim. Há basicamente duas maneiras de aumentar os glúteos:

  • Braziliam Butt Lift
  • Implante de silicone

3. E o aumento de glúteos com Bioplastia por injeções de PMMA?
A Bioplastia é realizada com injeções do PMMA, ou microesferas de polimetilmetacrilato, uma substância biocompatível (aceita pelo corpo) porém inabsorvível e definitiva. É usado na medicina desde os anos 50 em próteses de quadril e posteriormente para implantes intraoculares. Só recentemente passou a ser utilizado em tratamentos estéticos em concentrações de 2, 10 e 30 %. A Vigilância Sanitária liberou este produto em seringas de 1ml para a correção de pequenos defeitos.
Os médicos que tem preconizado a Bioplastia para aumento de glúteos vem utilizando quantidades absurdas como 100, 200 ou até mesmo 500 ml deste produto. É sempre muito perigoso o uso inadequado de produtos médicos que não tem respaldo científico suficiente e de longo prazo e que não foram devidamente testados e autorizados para a indicação diferente da original. Existe um grande risco de infecções e complicações crônicas com o uso do produto que fica integrado aos tecidos em que foi implantado. Já começam a surgir casos documentados de grandes áreas de necrose, infecções recentes e tardias de difícil controle local.

4. Dr. Renato Rodrigues, você prefere um método de aumentar o bumbum em relação a outro?
Sim. Prefiro o aumento de glúteos por injeções de gordura. Esta técnica é conhecida nos Estados Unidos por Braziliam butt lift.
Nossas pacientes trazem em sua herança genética propensão para acumular gordura na linha da cintura e acima dos glúdeos. Este perfil corporal diminu ainda mais os relevos glúteos. A simples inclusão de uma prótese glútea não soluciona este problema, pois com esta técnica somente conseguimos projeção do bumbum sem solucionar o contorno desta região de uma maneira tridimencional.
Acredito que a combinação da lipoaspiração e a injeção de gordura dá um resultado mais harmônico e natural.

5. Como é realizado o Brazilian butt lift?
O Braziliam butt lift envolve três técnicas: liposeleção de duas ou mais áreas doadoras, o processamento da gordura e as microinjeções das células de gordura nos glúteos.
As áreas selecionadas são aquelas que deverão ser esculpidas para dar o melhor relevo à superfície corporal. São normalmente o abdômen, os flancos e a parte inferior do dorso logo acima da região glútea.
Observamos que mesmo antes de realizarmos os microenxertos de gordura somente a lipoaspiração proporciona um visual atraente destas regiões.
Após a lipoaspiração nós cuidadosamente purificamos a gordura de tal modo que somente as melhores célular de gordura serão injetadas nos glúteos. Para realizar estas injeções utilizamos uma espécie de cânula especial. Este processo é chamado de microinjeções.
A técnica de microinjeções proporciona que as células de gordura recebam um adequado suprimento sanguíneo de tal modo que elas possam sobreviver integrando-se aos tecidos dos glúteos. Esta técnica resulta em uma menor taxa de reabsorção dos enxertos de gordura. É a melhor maneira de conseguirmos um resultado permanente.
Injetamos pequenas quantidades de gordura purifica em diferentes áreas e profundidade nos glúteos.
O processo envolve uma centena de microinjeções. O correto método de injeção é o segredo para se conseguir resultados duradores e uma aparência natural do bumbum.
Um benefício adicional do Brazilian butt lift é proporcionar não somente um glúteo durinho e empinado, mas um perfil corporal muito mais harmônico através do tratamento das áreas lipoaspiradas.

6. As técnicas de lipoaspiração utilizadas nesta cirurgia são as mesmas da lipoaspiração tradicional?
Não. Um sistema de aspiração de baixa pressão é usado para minimizar os danos às células de gordura. A lipoaspiração tradicional traumatiza muito estas células. Somente uma técnica correta irá obter células de gordura saudável que proporcionarão um resultado permanente pelo resto da vida.

7. Por quanto tempo irá durar a gordura enxertada?
Se a coleta e o processamento da gordura for realizado corretamente, as células de gordura sobreviverão o período crucial até que elas recebam suprimento sanguíneo da região onde foram enxertadas. A este processo chamamos de integração dos microenxertos. Uma vez que isto tenha ocorrido, as células de gordura permanecerão naquele local para o resto da vida.

8. É um procedimento seguro?
O Brazilaim butt lift é um procedimento bem tolerado. Seu risco não é maior do que uma lipoescultura que é um dos procedimentos mais comuns em cirurgia plástica.

9. Existem situações em que a paciente não tem depósitos de gordura suficientes para realizar esta cirurgia. Que outros procedimentos podem ser utilizados para o aumento dos glúteos?
Mulheres pequenas e magras não tem gordura suficiente em seus corpos para realizar o Braziliam butt lift. Para estas mulheres utilizamos as próteses de silicone que podem ou não serem associadas a lipoaspiração da linha da cintura para melhorar o contorno desta região. Pra realizar estes implantes utilizamos uma incisão no sulco entre os glúteos. Os implantes são posicionados cuidadosamente entre os tecidos dos glúteos tendo o extremo cuidado de não causar danos aos nervos que ali se encontram.
Os implantes de silicone irão preencher a parte superior e externas dos glúteos tendo dificuldade de aumentar a porção inferior. Os implantes não podem ser posicionados nesta porção devido ao risco de lesão ao nervo ciático. Para as regiões inferiores podemos utilizar microenxertos se conseguirmos algum depósito de gordura.

Considerações Técnicas

O procedimento dura cerca de 3 horas. A paciente deve evitar deitar-se ou sentar-se sobre os glúteos nos primeiros 14 dias após a cirurgia para que ocorra a plena integração dos microenxertos.

Tipo de Anestesia

Anestesia peridural com sedação ou anestesia geral são recomendadas para a maioria dos pacientes. Atualmente, com a evolução da medicina, os riscos inerentes a anestesia são relativamente pequenos. Desde que o paciente se encontre em bom estado de saúde, pode se submeter com tranqüilidade à qualquer tipo de anestesia.

Orientações pré-operatórias

Com a intenção de esclarecer algumas dúvidas, queremos passar orientações que julgamos importantes sobre a intervenção cirúrgica.

Período prévio à cirurgia

  • Discuta detalhadamente com o cirurgião as possibilidade reais de resultado.
  • Esclareça o tipo de incisão que vai ser utilizada e a anestesia.
  • Pergunte que tipo de modelador cirúrgico você vai usar no pós-operatório.
  • Sempre que houver algum impedimento para a realização da cirurgia já marcada avise imediatamente ao cirurgião ou a clínica.
  • Programe suas atividades sociais, domésticas ou escolares, de modo a não se tornar indispensável a terceiros, por um período de aproximadamente 2 semanas.

Recomenda-se:

  • Evite tomar aspirina ou remédios contendo AAS (ácido acetil salicílico) e vitamina E, pelo menos nas duas semanas que antecedem à cirurgia, pois poderá interferir no processo de coagulação. Isto inclui Ginko-Biloba.
  • Evite todo e qualquer medicamento para emagrecer, que eventualmente esteja fazendo uso, por um período de 10 dias do ato cirúrgico. Isto inclui também certos diuréticos.
  • Evite tomar ou usar substâncias tóxicas ou drogas nas duas semanas antecedentes a cirurgia.
  • Não fume nos 15 dias que antecedem a cirurgia e nas duas semanas de pós-operatório, pois poderá haver retardo da cicatrização.
  • Providencie acompanhante para contato e para a alta da clínica (nome e telefone).
  • Comunique ao médico se tiver episódio de erupção de qualquer tipo de herpes.
  • Não se exceda em exercícios físicos, alimentos e não tome bebidas alcoólicas.
  • A menstruação não é impedimento à sua cirurgia, mas de preferência programe-a para fora do período menstrual.
  • Recomendamos usar roupa de algodão no dia da cirurgia.
  • Comunique qualquer sinal de resfriado, conjuntivite, herpes ou infecções que surgirem na semana anterior à cirurgia. Nestes casos, o procedimento cirúrgico deverá ser transferido até a resolução do processo infeccioso.

Na Noite Véspera da Cirurgia

  • Tome banho geral usando sabonete anti-séptico (Sabofen ou similar). Lave com especial atenção a região que vai ser operada.
  • Alimentação leve até meia-noite.
  • Evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito fartas na véspera da cirurgia.
  • Observar jejum total de 8 horas antes da cirurgia, inclusive água, cafezinho, balas e refrigerantes.

No Dia da Cirurgia.

  • Tome banho geral usando sabonete anti-séptico (Sabofen ou similar), com atenção especial para a região que vai ser operadas.
  • Chegue à Clínica ou Hospital no horário marcado.
  • Não esqueça de levar para a clínica ou hospital os seus exames pré-operatórios e a malha elástica recomendada pelo cirurgião.
  • Tome somente a medicação prescrita.
  • Não use cremes ou maquiagem e deixe pelo menos uma unha sem esmalte ou base.
  • Venha com roupas confortáveis e folgadas, pois serão usadas por ocasião da alta.
  • Traga uma pequena bolsa com objetos de uso pessoal.
  • Não traga jóias ou objetos de valor.
  • Ao chegar à Clínica ou Hospital, comunique na recepção o nome e o telefone do familiar ou acompanhante que virá buscá-la(o).

Orientações pós-operatórias

  • Mantenha repouso relativo nos 7 primeiros dias.
  • Não tire ou molhe o curativo neste período.
  • Evite deitar de costas por um período de 2 semanas
  • Evite sentar sobre os glúteos nos primeiros 14 dias após a cirurgia. Sente sobre as coxas.
  • Siga rigorosamente a prescrição médica.
  • Não utilize outros analgésicos além dos recomendados.
  • Salvo em casos especiais, alimentação livre a partir do segundo dia, principalmente à base de proteínas (carnes, leite, ovos ) e vitaminas (frutas).
  • Volte ao consultório para curativos subsequentes e controle pós-operatório nos dias e horários estipulados.
  • Não dirija antes de 3 semanas.
  • A exposição ao sol pode ser feita após 30 dias gradativamente.
  • Os exercícios físicos moderados podem ser iniciados após 60 dias.
  • Natação, volei e musculação após 90 dias.
  • Aguarde para fazer sua “dieta ou regime de emagrecimento”, após a liberação médica. A antecipação desta conduta por conta própria, poderá determinar conseqüências difíceis de serem sanadas.



Copyright © Clínica Reviver