PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS DO CONTORNO CORPORAL
Copyright © Clínica Reviver Charles Camoin. The Black Woman. 1905. | Reviver©Art Gallery

CORREÇÃO DE CICATRIZES

(Plástica das cicatrizes inestéticas)

Mais informações
Dúvidas freqüentes


A aparência final de uma cicatriz causada por acidentes ou por cirurgia é imprevisível. A aparência final da cicatriz depende de como seu corpo cicatriza e da habilidade do cirurgião.

Muitas variáveis podem afetar a cicatrização, incluindo o tamanho e a profundidade da ferida, sua localização, a espessura e a cor de sua pele e o sentido da cicatriz. Quanto a aparência de uma cicatriz incomoda você é, naturalmente, uma questão pessoal.

Embora as cicatrizes não possam ser removidas completamente, os cirurgiões plásticos podem, freqüentemente, melhorar a sua aparência, tornando-as menos visíveis com injeção ou aplicação de determinados medicamentos esteróides ou com procedimentos cirúrgicos.

Se você estiver pensando em corrigir uma cicatriz, este texto lhe dará uma compreensão básica dos tipos mais comuns de cicatrizes, dos procedimentos usados para tratá-las, e dos resultados que você pode esperar. Não pode responder a todas suas perguntas, pois depende muito de suas características individuais. Tire suas dúvida com o seu cirurgião sobre o procedimento que você vai realizar.

Tomando a decisão

Muitas cicatrizes que parecem grandes e pouco estéticas no início podem tornar-se menos visíveis com o tempo. Algumas podem ser tratadas com corticóides para aliviar sintomas tais como dor e coceira. Por estas razões, muitos cirurgiões plásticos recomendam esperar em torno de um ano ou mais após o ferimento ou cirurgia antes de corrigir a cicatriz.

Se você está descontente com uma cicatriz, sua primeira etapa deve ser consultar um cirurgião plástico. O cirurgião após o exame discutirá com você os métodos possíveis de tratar sua cicatriz, os riscos e benefícios envolvido e os resultados possíveis. Seja franco em discutir suas expectativas com o cirurgião, e certifique-se que elas são realistas. Não hesite em fazer todas as perguntas para esclarecer suas dúvidas.

Os planos de saúde geralmente não cobrem procedimentos estéticos. Entretanto, se a correção for executada para minimizar cicatrizes de um ferimento ou para melhorar sua habilidade funcional, pode ao menos ser coberto parcialmente. Verifique com o seu seguro saúde.

Toda a cirurgia carrega algumas incertezas e riscos

A correção da cicatriz é normalmente segura, porém há sempre a possibilidade de complicações. Estas podem incluir a infecção, o sangramento, uma reação a anestesia, ou o retorno de uma cicatriz inestética.

Quelóides

Quelóides são cicatrizes elevadas, tensas, que podem provocar dor ou coceira e crescem além das bordas da ferida ou da incisão. São freqüentemente vermelhas ou mais escuras que a pele vizinha. Os quelóides ocorrem quando o corpo, por um defeito de cicatrização, continua a produzir a proteína que dá resistência a cicatriz, o colágeno, depois que uma ferida cura.

Copyright © Clínica Reviver

Esta lesão elevada, que cresce além do tecido da cicatriz no lobo da orelha é um quelóide. Foi removido deixando uma fina cicatriz.


Os quelóides podem aparecer em qualquer lugar do corpo, mas são mais comuns sobre o toráx, lobos das orelhas e ombros. Ocorrem mais freqüentemente em povos africanos e asiáticos. A tendência de desenvolver quelóides diminui com a idade.

Os quelóides são tratados freqüentemente injetando um medicamento a base de corticóide diretamente no tecido da cicatriz para reduzir a aparência elevada e avermelhada, bem como a coceira.

Se o tratamento com corticóide for inadequado, o tecido da cicatriz pode ser cortado e a ferida ser fechada com uma ou mais camadas de pontos. Este é geralmente um procedimento ambulatorial, executado sob anestesia local e você deve ficar afastado do trabalho por um dia ou dois. Os pontos serão removidos em alguns dias.

Independente da habilidade do cirurgião e da correção do tratamento, os quelóides têm uma tendência de retornar, às vezes maior do que antes.

Quando isto acontece, o cirurgião pode combinar a remoção da cicatriz com as injeções de corticóide durante a cirurgia, e/ou a terapia de radiação. Outro tratamento possível é a compressão da área da lesão com uma placa de silicone por um ano ou mais. Mesmo assim, o quelóide pode retornar, requerendo procedimentos repetidos a cada ano.

Cicatrizes Hipertróficas

As cicatrizes hipertróficas são confundidas, freqüentemente, com os quelóides, visto que ambos tendem a ser elevados e avermelhados. As cicatrizes hipertróficas, entretanto, permanecem dentro dos limites da incisão original ou da ferida. Melhoram freqüentemente sem tratamento, em um ano ou mais. As vezes, necessitam de tratamento com compressão e aplicações de injeções de corticóide para abreviar este período.

Se o tratamento conservador não for eficaz, as cicatrizes hipertróficas podem, freqüentemente, ser melhoradas com cirurgia. O cirurgião plástico removerá o tecido adicional da cicatriz, e reposicionará a incisão de modo que se torne menos visível. Esta cirurgia pode ser feita sob anestesia local ou geral, dependendo da posição da cicatriz e do que você e seu cirurgião decidirem. Injeções de corticóide durante cirurgia e em intervalos de até dois anos mais tarde podem ser necessários para impedir que a cicatriz se torne elevada novamente.

Contraturas

As queimaduras ou outros ferimentos que resultem em perda de uma grande área de pele podem formar uma cicatriz que repuxa as bordas da pele, causando um processo chamado de contração. A contratura resultante pode afetar os músculos e os tendões adjacentes, restringindo o movimento normal.

Copyright © Clínica Reviver

Cicatriz hipertrófica causando contratura e restrição do movimento do dedo.


Corrigir um contratura envolve geralmente cortar a cicatriz e substitui-la por retalhos de pele. Em alguns casos um procedimento conhecido como Z-plastia pode ser usado. Novas técnicas, tais como a expansão do tecido , estão desempenhando um papel cada vez mais importante. Se a contratura não for recente, você pode necessitar de fisioterapia após a cirurgia para restaurar a função afetada.

Copyright © Clínica Reviver

Usando a Z-plastia, a cicatriz é removida e diversas incisões são feitas em cada lado, criando pequenos retalhos triangulares de pele. Os retalhos são rearranjados para cobrir a área afetada.

Copyright © Clínica Reviver

A incisão é fechada em forma de Z com linhas de sutura. A nova cicatriz é mais fina e menos visível, permitindo que o dedo seja estendido.

Cicatrizes Faciais

Devido a sua posição, uma cicatriz na face é considerada um problema estético, seja ou não hipertrófica. Há diversas maneiras de fazer uma cicatriz facial se tornar menos visível. De uma maneira geral elas são recortadas e fechadas com pontos minúsculos, tornando-as menos visíveis.

Se a cicatriz atravessar um sulco natural da pele (linhas de expressão) o cirurgião pode reposiciona-las tornando-as paralelas a estas linhas, onde serão menos visíveis.

Copyright © Clínica Reviver

A cicatriz que cruza o sulco entre o nariz e a boca é removida e reposicionada usando a Z-plastia.
A cicatriz na testa, situada nas linhas de expressão, é removida e suas bordas são alinhadas por sutura em planos.

Copyright © Clínica Reviver

A cicatriz corrigida agora se encontra, em parte, dentro do sulco natural da pele, onde está menos visível.

Algumas cicatrizes da face podem ser melhoradas usando uma técnica chamada de dermoabrasão, que consiste em raspar as camadas superiores da pele usando uma lixa de diamante. A dermoabrasão deixa a pele mais lisa, mas não apagará completamente a cicatriz.

Z-plastia

Z-plastia é uma técnica cirúrgica usada para reposicionar uma cicatriz de modo que ela fique mais próxima das linhas ou vincos naturais da pele onde será menos visível. Pode também aliviar a tensão causada pela contratura. Nem todas as cicatrizes se prestam a Z-plastia, entretanto, somente um cirurgião plástico experiente pode fazer tal julgamento.

Neste procedimento, a cicatriz velha é removida e novas incisões são feitas em cada lado, criando pequenos retalhos de pele triangulares. Estes retalhos são rearranjados para cobrir a ferida em um ângulo diferente, dando à cicatriz uma forma de Z. A ferida é fechada com pontos finos, que são removidos alguns dias mais tarde. A Z-plastia é executada geralmente sob anestesia local em um procedimento ambulatorial.

Embora a Z-plastia possa tornar uma cicatriz menos óbvia, não a fará desaparecer. Uma parcela da cicatriz permanecerá fora das linhas naturais da pele.

Enxertos e Retalhos de Pele

Os enxertos e retalhos de pele são cirurgias maiores que outras formas de correção de cicatriz. Normalmente, são executadas em um hospital como procedimento ambulatorial. A área tratada pode necessitar diversas semanas ou meses para curar, e uma malha de compressão ou bandagem de sustentação podem ser necessárias por mais de um ano.

Enxertos envolvem transferência da pele de uma parte saudável do corpo (local doador) para cobrir a área ferida. Diz-se que o enxerto "pegou " quando seu suprimento sangüíneo é fornecido pela área enxertada. A maioria dos enxertos de pele da própria pessoa são bem sucedidos, mas às vezes o enxerto "não pega". Todo enxerto de pele deixa cicatriz tanto na área doadora de enxerto quanto na receptora.

Retalhos cirúrgicos são procedimentos complexos em que a pele junto com a gordura subjacente, vasos sangüíneos e às vezes o músculo são transferidos de uma parte saudável do corpo para a área afetada. Em alguns retalhos, o suprimento sangüíneo permanece ligado ao local doador. Em outros, os vasos sangüíneos do retalho são religados aos vasos do novo local usando microcirurgia vascular.

Enxertos de pele e retalhos cirúrgicos melhoram de um maneira significativa a função da área afetada. Os resultados estéticos podem ser menos satisfatórios, visto que a pele transferida pode não ter a textura e a coloração da pele adjacente. Geralmente, os retalhos cirúrgicos tem melhor resultado estético que os enxertos.

Pós-operatório

Após qualquer cirurgia para correção de cicatrizes, é muito importante seguir as orientações de seu cirurgião para assegurar o sucesso da cicatrização da ferida operatória. Embora você sinta-se tão bem que não lembre que foi operado, cuidado: somente o seu cirurgião poderá liberá-lo para retornar a suas atividades normais.

Antes de se submeter a cirurgia, tenha em mente que nenhuma cicatriz pode ser removida completamente; o grau de melhora depende do tamanho e posição de sua cicatriz, da natureza e tipo de sua pele, e o quão bem seu organismo cicatriza a ferida após a cirurgia. Se sua cicatriz corrigida tiver aparência pior que a primeira, não entre em pânico, o aspecto final pode levar um ano para aparecer.




Copyright © Clínica Reviver