PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS DA FACE
Copyright © Clínica Reviver Pablo Picasso. Girl with a Book. | Reviver©Art Gallery

CIRURGIA PLÁSTICA DAS PÁLPEBRAS

(Blefaroplastia)
(Cirurgia plástica dos olhos)

Mais informações
Dúvidas freqüentes


Fatores como a idade, textura da pele e tendência familiar poderão deixar como conseqüência suas marcas no território das pálpebras. Excessos de pele e abaulamentos provocados pelo acúmulo de gordura são sinais de envelhecimento facial que além do incômodo estético podem atrapalhar a visão.

Algumas vezes o problema estético das pálpebras é devido a fatores clínicos e não está indicada qualquer cirurgia (olheiras, edemas, etc.).

É importante levar em consideração o fato de que a cirurgia das pálpebras não proporciona rejuvenescimento geral à face, quando executada isoladamente. Corrige apenas os excessos de pele e gordura (bolsas nas pálpebras) e flacidez muscular do território palpebral, podendo, em certos casos, melhorar o aspecto funcional além de estético.

Quando o paciente é examinado pelo cirurgião plástico, este estará fazendo uma análise profunda, para intervir somente naqueles setores que possam se beneficiar como a cirurgia.

Considerações Técnicas

Existem, atualmente, dois tipos de cirurgia nas pálpebras. Uma é para as pálpebras superiores, onde o excesso de pele é retirado, assim como a gordura, sendo que a incisão fica escondida sob uma prega natural. A outra é para as pálpebras inferiores, em que a incisão efetuada na base dos cílios é praticamente invisível.

A operação é relativamente simples tendo duração de uma hora e meia em média. A permanência na clínica é curta, cerca de 4 a 8 horas. Depois da operação, um curativo é mantido durante 2 ou 3 horas. Ao chegar em casa, o paciente deve tomar ainda alguns cuidados como usar um colírio específico, sair sempre de óculos escuros e evitar tomar sol durante um determinado período. O uso de compressas frias também ajuda bastante neste período de recuperação.

Depois de 8 dias você já irá perceber uma diferença sutil, mas marcante, ao redor dos olhos. E após a terceira semana começarão a aparecer os resultados definitivos.

Tipo de Anestesia

A cirurgia é realizada com anestesia local, precedida de uma medicação calmante. Como é uma cirurgia superficial, não pede a aplicação de anestesia geral.

Orientações pré-operatórias

Com a intenção de esclarecer algumas dúvidas, queremos passar orientações que julgamos importantes sobre a intervenção cirúrgica.

Período prévio à cirurgia

  • Discuta detalhadamente com o cirurgião se a blefaroplastia é realmente indicada para o seu caso.
  • Questione o tipo de incisão e a anestesia.
  • Sempre que houver algum impedimento para a realização da cirurgia já marcada avise imediatamente ao cirurgião ou a clínica.

Recomenda-se:

  • Evite tomar aspirina ou remédios contendo AAS (ácido acetil salicílico) e vitamina E, pelo menos nas duas semanas que antecedem à cirurgia, pois poderá interferir no processo de coagulação. Isto inclui Ginko-Biloba.
  • Evitar todo e qualquer medicamento para emagrecer, que eventualmente esteja fazendo uso, por um período de 10 dias do ato cirúrgico. Isto inclui também certos diuréticos.
  • Evite tomar ou usar substâncias tóxicas ou drogas nas duas semanas antecedentes a cirurgia.
  • Não fume nos 5 dias que antecedem a cirurgia e na primeira semana de pós-operatório, pois poderá haver retardo da cicatrização.
  • Providencie acompanhante para contato e para a alta da clínica (nome e telefone).
  • Comunique ao médico se tiver episódio de erupção de qualquer tipo de herpes.
  • Não se exceda em exercícios físicos, alimentos e não tome bebidas alcoólicas.
  • Comunique qualquer sinal de resfriado, conjuntivite, herpes ou infecções que surgirem na semana anterior à cirurgia. Nestes casos, o procedimento cirúrgico deverá ser transferido até a resolução do processo infeccioso.

Na Noite Véspera da Cirurgia

  • Tome banho geral usando sabonete anti-séptico (Sabofen ou similar). Lave bem os cabelos, principalmente a região da face.
  • Alimentação leve até meia-noite.
  • Evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito fartas, na véspera da cirurgia.
  • Observar jejum total de 8 horas antes da cirurgia, inclusive água, cafezinho, balas e refrigerantes.

No Dia da Cirurgia.

  • Lave bem os cabelos, principalmente a região da face.
  • Chegue à Clínica ou Hospital no horário marcado.
  • Tome somente a medicação prescrita.
  • Não use cremes ou maquiagem e deixe pelo menos uma unha sem esmalte ou base.
  • Venha com roupas confortáveis e folgadas, que não precisem ser colocadas pela cabeça, pois serão usadas por ocasião da alta.
  • Traga um óculos escuro.
  • Traga uma pequena bolsa com objetos de uso pessoal.
  • Não traga jóias ou objetos de valor.
  • Ao chegar à Clínica ou Hospital, comunique na recepção o nome e o telefone do familiar ou acompanhante que virá buscá-la(o).

Orientações pós-operatórias

  • Mantenha repouso relativo evitando movimentação excessiva nos 2 primeiros dias.
  • Permaneça com a cabeceira elevada com dois travesseiros grandes.
  • Faça compressas geladas nos olhos e não deite de lado.
  • Comunique imediatamente quaisquer dúvidas ou anormalidades.
  • Comunique imediatamente quaisquer dúvidas ou anormalidades.
  • Durante os primeiros dias, é comum uma irritação dos olhos e uma maior sensibilidade à luz e ao vento. Para evitá-las, devem ser usados óculos escuros.
  • Siga rigorosamente a prescrição médica.
  • Não utilize outros analgésicos além dos recomendados.
  • Os pontos são retirados em torno de uma semana após a cirurgia.
  • A exposição direta ao sol deve ser evitada, principalmente, enquanto persistirem as manchas roxas, o que poderia tatuar a pele, retardando o desaparecimento das equimoses.
  • Os exercícios físicos moderados podem ser iniciados após 30 dias.



Copyright © Clínica Reviver