Copyright © Clínica Reviver

DRENAGEM LINFÁTICA

A drenagem linfática é uma massagem suave que promove uma melhora da circulação, permitindo que a linfa ascenda, evitando assim o seu acúmulo e a piora da celulite.
A Celulite não se deve apenas ao acúmulo de gordura, pois o aspecto de casca de laranja aumenta também com os problemas circulatórios e sobretudo pela deficiências da circulação linfática.

Princípios. O sistema linfático é formado por um fluido, a linfa, e pelos canais por onde ela circula: os canais linfáticos e os condutos dos órgãos anexos. Este sistema cumpre várias funções: drenar o líquido intersticial, em que se "banham" as nossas células; transportar a gordura digerida dos alimentos; eliminar resíduos e proteger o organismo de corpos estranhos, portanto, leva 48 horas para fazer todo o percurso. Por isso, se pode dizer que a drenagem linfática é uma função orgânica automática. Quando esta drenagem natural é insuficiente, uma massagem suave, realizada por um cinesioterapeuta, pode auxiliar no transporte da linfa dos pequenos vasos linfáticos para as veias e para o coração, desobstruindo a circulação das coxas e das pernas.

A drenagem linfática é realizada na clínica de um fisioterapeuta. Este pode se concentrar apenas nas extremidades inferiores, se o objetivo é o tratamento das áreas com celulite, ou no resto do corpo. Através de massagens e pequenas pressões manuais sobre a rede linfática, o fisioterapeuta ajuda a linfa voltar ao coração, ativando todo o sistema linfático. O resultado é uma aceleração da circulação.

A linfa acumulada nos tecidos causa ganho de peso e inchaço. Logo após o tratamento com drenagem linfática se experimenta uma sensação de conforto e leveza, porque a linfa é drenada para as veias e para o coração. Também nos dá vontade de urinar, já que é estimulada a circulação linfática para eliminar as toxinas.

Importante: A sessão de drenagem linfática é muitas vezes longa (dura em média de 1 h a 1 h 30 min.). É benéfica para a circulação venosa, alivia o edema, a inflamação causada por traumas, as cicatrizes, as úlceras, as disfunção do sistema linfático e todos os problemas de retenção de líquidos. É desaconselhada para pacientes com infecções em fase aguda ou suspeita de tumores malignos. Tampouco é recomendável para pacientes que sofram de insuficiência renal, cardíaca, asma ou hipertireoidismo.




Copyright © Clínica Reviver