Copyright © Clínica Reviver

ORÇAMENTO EM CIRURGIA PLÁSTICA


A MANEIRA CORRETA DE BUSCAR UM ORÇAMENTO EM CIRURGIA PLÁSTICA.

Existem inúmeras variáveis que compõem o orçamento de uma cirurgia plástica e por este motivo é impossível tabelar procedimentos. Da mesma maneira o paciente não deve fazer pesquisas pela internet. Não considere um orçamento que você recebe por email ou por telefone como um valor definitivo e nem utilize estes valores como forma de comparação para escolher em que clínica ou com qual cirurgião você vai se operar. Agindo desta maneira você pode estar descartando de suas alternativas bons profissionais.

Fazer orçamento de uma cirurgia plástica não deve ser comparado a um orçamento para a compra de um eletrodoméstico. Um determinado modelo de TV tem a mesma qualidade independente da loja que você vai compra-la. Em cirurgia plástica não funciona assim. Um exemplo muito oportuno é o orçamento de uma cirurgia de mamoplastia de aumento. Na composição do preço desta cirurgia, além do honorário da equipe médica estão incluídas as despesas com a prótese de silicone e do local onde será realizada a cirurgia.

Existem atualmente no mercado brasileiro uma infinidade de marcas de próteses com diferentes valores. Próteses de melhor qualidade tem preços maiores. Da mesma maneira há diferença de preços para realizar a cirurgia na clínica ou no hospital. Se for optado pelo hospital, haverá diferença de valores de um hospital para o outro. Estas variáveis deverão ser analisada na consulta de avaliação.

Desconfie de orçamentos muito baratos.

Será que a qualidade não está sendo deixada de lado?

Faça orçamentos somente na consulta de avaliação.


COMO ESCOLHER UM CIRURGIÃO PLÁSTICO.

A busca por um corpo perfeito atrai cada vez mais adeptos a Cirurgia Plástica. Mas como escolher o profissional certo na hora de se submeter a um procedimento?

O primeiro passo é se certificar que o médico escolhido é especialista em Cirurgia Plástica. Para receber este título o médico já formado deve ter realizado uma especialização de cinco anos sendo os três últimos em cirurgia plástica. Após este período ele se submete a um exame para obtenção do título de especialista composto de provas oral e escrita e análise de currículo. A aprovação nesta avaliação garante o título de Especialista em Cirurgia Plástica.

A questão da formação é fundamental, na medida em que uma cirurgia mal feita, por médicos não especializados, pode ocasionar complicações dramáticas, com graves problemas de saúde ao paciente.

Para saber se o médico é especialista em cirurgia plástica consulte o site de Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, do Conselho Regional de Medicina ou do Conselho Federal de Medicina.

É importante checar se o profissional está credenciados em hospitais de boa reputação, o que significa que ele foi aprovado pelas normas regimentais do corpo clínico daquela instituição. Quem não é especialista, não consegue operar em hospitais tradicionais.

Cuidado: Alguns médicos que não tem paciência para realizar uma formação tão longa, realizam atalhos fazendo cursinhos chamados de pós-graduação em instituições não reconhecidas pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC). Passam então a se intitular "Cirurgião Estético", "Cirurgião Cosmético", "Medicina Cosmética" entre outros. Estes títulos não são reconhecidos pelo Conselho Federal de Medicina.




Copyright © Clínica Reviver